sábado, 10 de abril de 2010

Coluna - E Por Falar em Scrap

Voltamos novamente com a Coluna E POR FALAR EM SCRAP. Antes do artigo em si, temos duas coisas para contar.

A primeira é que estamos muitos tristes, pois o ScrapFriendsCuritiba está perdendo uma querida e talentosa artista: Pati Dias. Por motivos pessoais e profissionais ela está se afastando do nosso grupo... Só podemos desejar a ela muito sucesso nessa nova etapa e esperamos sua visita sempre que possível.

Por conta disso, que assume esta coluna é a Aninha! Para iniciar essa nova atribuição, a Aninha nos preparou um excelente artigo! Vamos conferir?



Resenha do livro SHARING YOUR STORY recording Life’s details with Mini Books by Ali Edwards


No livro a Ali Edwards mostra como fazer inúmeros mini books para comemorar e documentar os detalhes do nosso cotidiano de uma forma rápida e “fácil”. É uma publicação da Creating Keepsakes. Um livro totalmente colorido, cheio de fotos e dicas para você colocar em prática. Dá vontade de ficar olhando o tempo todo. Reparando nos mínimos detalhes que ela usa e abusa nos seus projetos.

No próprio préfacio, Ali comenta que o mini book significa liberdade e ela adora trabalhar assim pois foge do formato tradicional de se fazer scrapbooking. “Ele é divertido de se fazer e cabe nas nossas mãos”, afirma Ali.

Todos nós temos coisas em nossas vidas que queremos registrar, e eternizar o momento. E este livro mostra que o mini é um projeto perfeito para qualquer tema. Desde uma simples bagunça do seu filho até especiais ocasiões. Podemos falar sobre um único dia de praia, uma viagem, falar sobre a nossa comida preferida, cor, sentidos e assim por diante. Relatar coisas que gostamos de saber sobre nossa família. Um encontro de amigas ou de família, as artes de nossos filhos e assim por diante, ela mostra inúmeros exemplos com formatos e tamanhos diferentes. Basta usar a criatividade e com este livro em mãos, é impossível não criar um mini maravilhoso. Ele realmente é uma eterna fonte de inspiração.

Segundo Ali o primeiro passo a dar é o processo criativo, nele você vai decidir o que e como quer registrar este momento. Depois decidir o tema, para não perder o foco. Em seguida qual o tamanho que o projeto terá. Depois inicie escrevendo um diário. Recolha todo o seu material, monte a estrutura (álbum) e depois é só decorar como achar melhor. Usando fotos ou não. Textos ou apenas palavras. Assim nasce o mini-book.

No capitulo 07, um exemplo dado pela Maria Grace Abuzman é sobre o mini de viagem. Ela fala em usar o mini como diário de viagem. Relatando a história por trás das suas aventuras, seja através da cidade ou em um todo. Conte a história da primeira grande férias dos seus filhos, ou as suas próprias férias. “Com poucas palavras e muitas imagens podemos dizer tudo sobre o momento”,diz.
No capítulo 19, Ali fala sobre um mini onde ela dá dicas de montagem de projetos com fotos tiradas pelas crianças. “No olhar dela”. Falar sobre suas coleções, suas fotos da escola com o passar dos anos, mostrando o crescimento.
Ao todo, são 160 páginas de pura inspiração e conta também com a participação de projetos da Emily Falconbridge, Dedra Long, Laura Kurz, Mou Saha, Maria Race Abuzman, Maggie Holmes, Shannon Taylor, Heidi Sonboul, Amanda Probst e Paolo Lilac.

Inspirada nos trabalhos deste livro fiz um mini sobre as palavras da minha filha. Desde bebe até os 3 aninhos. Tema: vocabulário. Acho que é uma bela recordação para ela saber como começou a falar. Suas primeiras palavras e como foi aprendendo a falar mais e corretamente. Espero que tenham gostado da minha sugestão de livro.

Beijos e uma boa semana
Aninha

9 comentários:

Cacau Waller disse...

Nossa Aninha, adorei, nada como uma jornalista talentosa pra nos prestigiar com essa resenha. Eu que não sou fã de mini book adorei, deu vontade de fazer um pro Klaus sobre os primeiros brinquedos dele. Adorei o que vc sugeriu, um mini book com as primeiras palavras da criança, imagina que delicia um dia crescer e ter a história todinha assim relatada pela mamãe?
Obrigada por dividir conosco essa resenha e parabens pela coluna, tenho certeza que será sempre um sucesso.
Bjs

Patiscrap disse...

Adorei a sua coluna, Aninha!!! Já tinha visto este livro mas ainda não comprei, seu post me deixou com mais vontade ainda de tê-lo!!! Agora quero ver o mini que vc fez para a sua filha inspirado nele, viu! Vou lá procurar no seu blog!!!
Obrigada!
Bjs!

Lu Zischler disse...

Ah! Preciso desse livro!!
Muito obrigada pela resanha Aninha!! Adorei!
bjs

Leticia disse...

Aninha, adorei seu artigo!
Obrigada!

cinthia disse...

Aninha, depois de ler teu artigo vou rever o livro com outros olhos. Vc "pescou" algumas coisas que eu tinha deixado passar batido.
Obrigada pelo texto, amiga!
Bjão

Karine MB disse...

Aninha muito boa sua resenha! Adorei!
Ainda não conhecia esse livro e com certeza fica para minha "lista".
Beijocas

Eli disse...

Aninha, vc com sua resenha, me fez ver com outros olhos os minis.. eu que não sou muito fã deles, passei a admira-los, Muito obrigada e sua colonua ficou ótima.
Beijos,
Eli

Aninha disse...

Meninas obrigada..
fico feliz que gostaram da resenha..
Me enviem sugestões sempre que quiserem ok..
bjs

Maya disse...

Aninha, amei a resenha!!
Eu fazia só páginas, agora que estou começando a tomar gosto pelos minibooks!
Fiquei com vontade de ler esse livro!!
beijinhos