sexta-feira, 26 de março de 2010

Coluna - E por falar em Scrap

Na Coluna dessa semana eu Pati Dias,  compartilho com vocês um texto que escrevi originalmente para o site Scrap Rio em 2008. Nesse texto dou algumas dicas simples e que podem ajudar a aumentar a produção 
"scrapística"  de vocês. Espero que aproveitem as dicas.

Boa Leitura!

Utilizando melhor o tempo ou como fazer seu scrap render!!!!

São tantos materiais maravilhosos, tantas fotos bacanas, tantas festas, viagens inesquecíveis... Affff... Como conseguir transformar isso tudo em páginas de scrap? Toda scrapper vive esse dilema - a pilha de fotos acumulando, a Páscoa 2010 se aproximando e as fotos da última visita do coelho nem sairam do computador... Vivemos brigando com relógio.. com a falta de tempo!
Pensando nisso, reuni nesse texto  algumas dicas de como aproveitar melhor o pouco tempo que temos para scrapear. São dicas baseadas na minha experiência de 5 anos de scrap, e também em relatos de scrappers conhecidas e em artigos especializados.

1- O primeiro passo para fazer o tempo render é uma boa organização. Infelizmente não há como fugir disso. Não há nada pior do que perder o pouco tempo que temos disponível para o scrap “caçando” nossas ferramentas e enfeites. Porém não basta organizar, é preciso manter organizado. O que é mais difícil ainda. Seguir a regrinha de recolocar tudo no lugar depois de usar é fundamental. E ao comprar coisinhas novas guardar logo nos devidos lugares. Evitar ao máximo que as coisas se acumulem. Algumas sugestões básicas : Separar os cardstocks por cores; Os papéis decorados por tema ou fabricante; Criar kits com os papéis e enfeites combinando – poupa tempo e facilita a organização; Manter as ferramentas e acessórios de mesma função juntos; separar os retalhos por cor. E por aí vai... Cada pessoa acaba criando sua fórmula de organização. O que se aplica para um nem sempre se aplica a todos. È importante você achar a sua fórmula e manter-se organizado a sua maneira.Hoje eu percebo que rendo mais quando meu scrap canto está organizado. A organização ao meu redor, ver tudo bonitinho  me inspira muito. 

2-Manter um caderninho sempre a mão. E não basta deixar na bolsa... tem que usar! Anotar idéias, dicas, sketchs, títulos originais, e os journalings. Na hora de sentar para fazer scrap será muito mais fácil começar já tendo algum esboço em mente. Qualquer tempinho disponível pode ser aproveitado para anotar algo interessante. Eu tenho feito meus journalings enquanto estou vendo desenho com meus filhos. Depois é só passar a limpo e finalizar o lo.

3-Ao transferir as fotos para o computador procure salvar de forma organizada. Separando em pastas por data e evento. Não esquecer de salvar em cds e dvds. Outra dica é não revelar muitas fotos ao mesmo tempo. Vá revelando a medida que for utilizando-as. Evita a sensação de ficar perdida em meio a tantas fotos. Além de evitar o trabalho de organizá-las novamente. Como vou revelando aos poucos, cada vez que volto com um envelope com fotos " fresquinhas"é uma festa! Inspiração total!

4- Algumas etapas podem ser feitas previamente independentes do projeto – Carimbadas, tags e journaling cards. Separe seus carimbos e papéis neutros e deixe as carimbadas prontas para serem utilizadas. Faça o mesmo com as tags e aproveite para usar os retalhos de papel. Uma ótima maneira de se livrar dos inúmeros retalhos que acumulamos. Imprima templates de journaling cards. Vocês vão ver como isso ajuda na hora de finalizar um projeto. Personalizar o papel de fundo também é uma opção. Faça o fundo com tinta acrílica ou spray previamente e guarde em baixo de um livro pesado. No momento de utilização  a página já vai estar com a tinta sequinha e retinha! Porque a tinta sempre dá aquela envergada . Eu gosto de fazer esse tipo de coisa naqueles dias de pouca inspiração. Mesmo quando “travamos” dá para fazer scrap.

5-Deixar os arremates, os últimos detalhes da projeto – para fazer durante o dia, aproveitando cada folguinha que aparece.

6-Escrever o journaling a mão. È muito mais rápido que digitar e imprimir. Sem contar que sempre dá um toque mais pessoal ao projeto. E quem ainda resiste em usar própria letra devia pensar na economia de tempo que irá conseguir. Tem receio de estragar tudo? Utilize os cards. Experimente usar ainda carimbos de journaling, traçar linhas com régua, escrever em volta da página... São muitas opções.

7-Recorrer ao Lift. Liftar trabalhos que gostamos poupa muito tempo. Nem sempre estamos com muita inspiração e disposição para criar. Podemos liftar um título, as cores, o sketch, uma técnica ou idéiao, e até mesmo o Lo como um tudo.Para encomendas com prazo curto para entrega é ótimo. Para as iniciantes também é uma ótima opção- começam com os lifts e aos poucos vão se soltando e criando mais e mais. Não há nada de errado em liftar mas é ético e educado  sempre citar as fontes.

8-Usar poucos enfeites. Depois de definido a foto e papéis separe poucos elementos em cores que combinem e tente trabalhar com esse "kit". Adotar o estilo clean poupa muito tempo! Para as indecisas como eu, que sempre ficam na maior dúvida em relação a que enfeite usar e como distribuí-los no Lo é perfeito.

9- Muito papel decorado. Os de estampas miudas e mais delicadas ficam perfeitos para base do Layout e os de estampas grande podem ser recortados e usados como enfeites. Partindo-se  de um fundo estampado poupa-se o uso de muitos  enfeites e camadas de papéis.
10- Projeto 2 em1. Tenho feito isso muito ultimamente. Sempre que termino um trabalho tento inserir no trabalho seguinte os mesmos materias e técnicas. Além de conseguir usar mais racionalmente meus materiais poupa tempo de arrumar a bagunca  e desarrumar. 

11- Ver menos tv! Gente, isso não é coisa minha não! Essa é uma dica da própria Ali Edwards. Espero que aproveitem as dicas e tentem otimizar o tempo. E se tiverem mais algumas sugestões dividam conosco.




Nesse Lo com papel de Base Julia Cotrim usei pouquísimos elementos. Aproveitei o fundo aquarelado do papel como cenário para  meu anjinho... A moldura carimbada e a folha de livro com gesso já estavam prontas previamente. 


 Outro exemplo. Nesse Lo o fundo quadriculado e envelhecido não "pesou" visualmente e combinou com os tons do papel decorado. Esse tipo de design cria um ponto focal. Atrai o olhar para a foto. Journaling simples escrito a mão. A corujinha no canto oposto equlibra visualmente o layout.




Desejamos a todos um ótimo final de semana!

7 comentários:

Eli disse...

Adorei suas dicas Pati,
Vai me ajudar muito já deixar alguns papeis prontos quando faltar inspiraçãop, mas tiver a vontade e um tempinho sobrando.
Obrigada,
Beijos,
Eli

Karine MB disse...

Pati esse texto é muito bom!!!!
Eu até salvei pra mim!!!!

Maya disse...

Pati, amei seu texto!!
Obrigada por dividir conosco essas dicas!!
Eu peco muito em organização no meu scrapcanto! Cada vez que vou fazer um LO, parece que passou um furacão rsrsrs!
E tem vezes q dá preguiça de arrumar!!
Mas å organização é mesmo a chave!!!
bjinhos

Fabi Ormerod disse...

Ótimo texto Pati, adorei. Principalmente a dica do lift, é mesmo ótimo para inspirar mas acho que cada dia mais a gente precisa reforçar isso de citar a fonte e não liftar ou copiar trabalhos. É muito chato alguém vender ou publicar coisas que são de outros sites ou de outras designers! Beijocas

Julia Cotrim disse...

Pati querida,

Que lindo seu texto!
Adorei!
Super bem escrito! Aliás você tem esse dom, escrever de uma forma simples e direta.
Obrigada pelas dicas!
Beijos

Silvana Franco disse...

Pati!! Muito boas as dicas! Aos poucos vamos experimentando o que facilita nossa vida tb para fazer scrap... eu tb tenho me organizado melhor!

Bjcas

Leticia disse...

Pati, esse texto é ótimo mesmo!!!!!!
Adorei,
bjs